Google+ Followers

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Formando um cardápio semanal


Oi,
Lembra daquela sugestão da listinha de compras do supermercado?
Tenho outra: que tal fazer um cardápio semanal pra o almoço da família? Descobri que podemos fazer ainda mais economia na compra de carne e verduras dessa forma. sem falar que deixamos de desperdiçar comida, ou porque esquecemos no fundo do gavetão da geladeira ou porque depois de comer tanta carne a família enjoou e o demais ficou no fundo do congelador ou do freezer. Sem falar nas verduras que ficam velhas.
Com o cardápio, só compramos a carne calculada pra aqueles dias de carne, os dias de frango, de peixe e assim temos variedade com economia.
Aqui em casa somos tares pessoas.
Criei um cardápio que fica grudado com imã do lado da geladeira, próximo da lista de compras. Assim fica mais fácil de visualizar.
Calculei que ao invés de comprar tanta carne e deixar no freezer superior da geladeira,compro somente o seguinte, toda segunda feira:

-1200k de bife dividido em duas porções. Assim, na segunda e na sexta temos bife de boa qualidade(600g cada dia) que pra nós dá pro almoço e pro jantar.

-Compro um frango inteiro: na terça feira preparo os pedaços, na quinta feira o peito. Também com sobras suficientes pro jantar.

-Na quarta feira temos 600g de fígado de boi, que, além de gostoso é recomendado pelas nutricionistas por ser fonte de ferro. Também repetimos no jantar com saladas.

-No sábado, por estarmos todos juntos em casa, fazemos aquele peixe (dourado ou cação) com pirão, leite de coco, coentro... hum!! A turma adora.

-E no domingo, como não sou de ferro, uma vez (no início do mês), almoçamos fora, nos outros, temos aquela lasanha semipronta, que é só colocar no forno.

Assim temos maior controle das quantidades sem perder a variedade e o valor nutricional.
Até os tipos de salada são pré programadas nesse cardápio. No dia que faço puré de batata,não faço macarrão por motivos óbvios: já tem cerboidrato suficiente. As verduras pra saladas são compradas de acordo com o cardápio também.
antigamente eu comprava dois pés de alface grandes e deixava na geladeira. Resultado: quase sempre perdia folhas. Hoje, compro só um. Lavo as folhas e separo em duas sacolas daquelas que agente compra em rolo. Na segunda uso alface na salada, então abro a sacola que tem as folhas maiores. Na sexta, uso a sacola que tem as folhas mais novas. Pronto, não perco mais nada.
Quanto ás batatas, calculo quantas vou precisar pra fazer o puré da terça, o refogado com fígado na quarta e a maionese da sexta feira.
Assim evito que sobrem legumes e folhas na geladeira pra semana seguinte. Na segunda feira que é meu dia de compras, temos tudo novinho novamente.
Ah! Uma ótima dica pra não perder cebola, pimentão e tomate, que sempre ficam o pedacinho perdido na porta da geladeira é usar aqueles potinhos em forma de cebola, que vedem no supermercado. ou até mesmo um potinho comum de plástico, com tampa. Mas tem que ser um pra cada um. Quando sobra um pedaço de cebola.. guarde lá. Tomate então, que fica logo melado, fica ótimo dessa forma. Você tem sempre essa referencia, quando quiser é só procurar nos potinhos.
Nada se perde.
Bjossss

Nenhum comentário:

Postar um comentário