Google+ Followers

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Água. Esse Bem Tão Precioso e Tão Desperdiçado...


Todos nós sabemos que nosso planeta é composto na sua maioria de água. 
Parece muito. Infinito. Mas de toda água que vemos, somente pouquíssima parte dela é potável ou própria para consumo. 
Já sabemos, mas nunca é demais lembrar que somente com uso consciente desse recurso tão precioso, podemos garantir que no futuro as próximas gerações possam fazer uso dele também.
Com alguns cuidados podemos fazer bom uso de nosso bem natural.
·                                 Em um banho de ducha de 10 minutos, gastamos, em média, 160 litros de água. Se, na hora de se ensaboar ou lavar os cabelos, você fechar o chuveiro, poderá economizar, em um ano, cerca de 30 mil litros de água!
·                                 Nunca use o vaso sanitário como lixeira, pois cada vez que você aciona a descarga para se livrar de papéis ou pontas de cigarro, joga fora, sem necessidade, água limpa e tratada. Já existem vasos com dispositivos diferenciado pra despejar quantidade de água maior ou menor, de acordo com a necessidade.
·                                 Uma torneira pingando pode parecer algo inofensivo e até corriqueiro, comum, mas significa um grande desperdício. Por exemplo: se ela pinga, em média, um pouco mais de uma gota por segundo, em um dia pode desperdiçar 46 litros d'água.
·                                 Elimine vazamentos.
·                                 Use a vassoura e não a mangueira pra limpar calçadas.
·                                 Instale torneiras com sensores automáticos.
·                                 Escove dentes com torneira fechada.
 São atitudes simples que fazem diferença. Além de fazer diferença no futuro do planeta, vai fazer muita diferença no bolso ao final do mês.  Salve nossa água, literalmente!!!!



 

 


 

Cuidado com as Armadilhas do Supermercado


Os supermercados usam alguns truques pra nos vender além daquilo que de fato precisamos. Eles fazem o papel deles, o nosso é ter cuidado pra não ficar no prejuízo.

Aí vão algumas dicas interessantes:

Ambiente muito aconchegante: Já reparou como tudo nos supermercados é preparado pra você não querer mais nunca sair de lá? 
Clima fresquinho( no verão, então!), muitas cores, música ambiente, e toda a disposição das gôndolas que fazem você andar muito lá dentro. Nada de janelas ou relógios pra você esquecer mesmo do tempo.

Amor á primeira vista:  Logo na entrada estão os produtos mais atraentes como bebidas, eletro eletrônicos, presentes, se tiver na época, ovos de páscoa... 
Já que seu carrinho está mesmo vazio a tendência é colocar alguma dessas coisinhas assim que chega.

Cadê o macarrão?: Não se preocupe se de repente você chegar procurando um produto básico e não encontrá-lo no lugar de sempre. Ele está lá, porém, de vez em quando, mudam de lugar pra você precisar andar um pouquinho mais procurando e consequentemente ver novidades e comprar além do que precisa.

Já reparou que em muitos supermercados o pão fica lááá no fundo!? Não é à toa. 
Até chegar lá você já comprou, manteiga, queijo, presunto, suco em caixinha...

E a arrumação das prateleiras?  Fique bem atenta. Nem sempre o produto em promoção é de fato o mais barato. Dê sempre uma olhadinha na gôndola toda. 
Na altura dos seus olhos estão sempre os mais caros. Mais abaixo os mais baratos, mas nem por isso os piores. 
Bem baixo os que interessam às crianças. 
Sabia que indústrias pagam caríssimos aos supermercados pra terem espaço logo no início da gôndola? 
São os primeiros a serem vistos logo que você faz a curva. Não dá tempo você vê os demais produtos. Saiba que as gôndolas são todas loteadas pelos supermercados aos fabricantes e que cada espaço tem valor estipulado e valorizado de acordo com o a chance que tem de  chamar sua atenção.  
Os cursos de Marketing estão aí pra isso. 

Ah é mesmo, eu ia esquecendo isso aqui! Dá pra levar só mais isso!    As gôndolas que ficam próximas do caixa são repletas de produtos pequenos que cabem direitinho num carrinho já cheio. Mas mesmo pequenos esses produtos, os preços são bem salgados. Cuidado com a tentação! Pense duas vezes, ou mais se você precisa mesmo deles.
  
Corredores apertados:   Os corredores não são apertados à toa não minha amiga. Com o trânsito de carrinhos você sempre espera alguém passar e aí sua atenção vai pra produtos coloridos que acaba levando. 

Muito cuidado com essas armadilhas. Se você você observar tem muitas outras.  Encontrando-as compartilhe com agente.  BJossss

Receita de Suflê de Legumes


  • ·                                 3 ovos (separados, claras e gemas)
    ·                                 1 1/2 copo de leite
    ·                                 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
    ·                                 2 colheres (sopa) de margarina
    ·                                 Verduras a vontade: chuchu, vagem, cenoura, batata, repolho, ervilha, milho verde, couve - flor etc. Sal a gosto

    1.                               Misturar o leite, a farinha de trigo, a manteiga e as gemas, levando ao fogo até ficar na consistência de um creme
    2.                               Acrescentar a este creme aos legumes, que já deverão estar cozidos e escorridoas (no vapor é melhor)
    3.                               Acrescentar as claras em neve
    4.                               Colocar em um pirex untado com margarina e farinha de trigo
    5.                               Levar ao forno até ficar bem douradinho.


Sobre Sacolas Plásticas no Supermercado


Desde que se iniciou a guerra contra o uso das sacolas nos supermercados, passei a me questionar sobre a real preocupação dos comerciantes com o meio ambiente.

Quando eu era bem pequena e ia com meu pai ao supermercado nós usávamos sacolas de papel, daqueles bem grandes e resistentes. Lembro que agente dobrava e jogava fora  porque não havia ainda a ideia de transformar em artesanato com se faz com tudo hoje.
As lixeiras domésticas eram grandes tonéis de plástico onde se misturava lixo orgânico (folhas do quintal, restos de comida,..) e lixo seco sem muita preocupação.

Claro que agora a consciência coletiva de separar e reciclar é muito válida e necessária, mas desconfio desse extremo cuidado dos comerciantes supermercadistas em proibir sacolas de uma hora pra outra..

A sacola que usávamos até outro dia já era biodegradável.
Tivemos a experiência em nossa casa de guardar uns talheres numa delas dentro de uma gaveta e meses depois só encontrar o pó. Os talheres estavam todos desprotegidos,  porque a sacola estava toda picadinha. 

Além disso, todos usam essas sacolas pra receber lixo doméstico. Quem não faz isso? Agora surgiu a moda da sacola decorada, artesanal.. liiiinda!! E se quisermos usar sacolas temos que comprar. Seja retornável ou próprias do supermercado e quem as vendem? O Próprio supermercado. Sem falar que temos ainda que comprar sacolas em rolos pra acondicionar o lixo domestico.

Acaba tudo na mesma. A diferença é que os supermercados acabam ganhando muito mais três vezes. Nas sacolas plásticas, que são vendidas, nas retornáveis e nas de rolo.

Se estão tão preocupados porque não fazem campanha contra fraldas descartáveis que demoram muito mais pra se degradarem?
Porque não vendem produtos como amaciantes, detergentes e outros à granel?
Simples: levamos a embalagem e no supermercado só pagamos pelo líquido que seria colocado nela. Quanta embalagem de amaciante é jogada fora todo ano!!
Continuo desconfiando desse repentino cuidado com a natureza.
Bjoss por enquanto

SAFRA DE FRUTAS E HORTALIÇAS PARA JANEIRO


FRUTAS : Abacate, Ameixa, Caju, Cereja, Figo, Fruta de Conde, Goiaba, Laranja, Limão, Mamão, Manga, Maracujá, Melancia, Melão, Nectarina, Pêssego, Uva Itália, Uva Niágara.


VERDURAS:  alface, alho Poró, Almeirão , Aspargo, Cebolinha, Chicória, Couve, Escarola, Espinafre, Louro, Mostarda, Nabo, Repolho, Rúcula, Salsa, Salsão.


LEGUMES: Abóbora Japonesa, Abóbora Moranga, Abóbora Seca, abobrinha Brasileira Abobrinha Italiana, Batata Doce, Beterraba, Cará, Chuchu, Cenoura, Cogumelo, Jiló, Mandioquinha, Maxixe, Pepino, Pimenta, Pimentão, Quiabo, Tomate, Quiabo Macarrão, Quiabo Manteiga.




Preços das Carnes Iniciam o Ano em Baixa


Devido o  excesso de oferta e a  retração da demanda interna, o mercado de carnes  apresenta baixa desde janeiro.

Foi perceptível  a boa diferença nos preços do açougue. 


Essa tendência deve se manter por todo 2012, com expectativa de queda nos preços da carne bovina e recuperação, ainda incerta, nas cotações de suínos. A exceção fica por conta do frango que, apesar da forte retração no período, já iniciou uma retomada.

Depois de atingir R$ 106,6 por arroba, no Estado São Paulo, em 22 de novembro, o indicador Cepea/Esalq para o boi gordo recuou 9,8% e encerrou o mês de fevereiro a R$ 96,19. "Tudo indica que teremos um ano de preços menos firmes", afirma Hyberville D'Athayde Neto, analista da Scot Consultoria. Segundo ele, o consumo de carne bovina do início do ano "não está colaborando". O principal fator baixista, contudo, não diz respeito à demanda, mas à oferta de gado, que deve crescer graças à inversão do ciclo da pecuária, explica o analista. "Estamos em um período de maior abate de fêmeas", diz ele.

Os preços mais baixos, por sua vez, devem estimular o consumo interno de carne bovina a partir do segundo semestre, acrescenta o analista, que prevê alta de 3,5% no consumo per capita. Ainda assim, os preços não devem reagir. "Em termos de preço, esse crescimento é relativo, porque temos uma oferta maior", explica.

A carne suína também sofreu com a demanda superestimada para o período de festas do fim do ano passado. "Entre outubro e novembro, os produtores colocaram mais matrizes para produção, acreditando que o mercado iria aquecer, mas não ocorreu da maneira esperada", afirmou o presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos, Losivanio de Lorenzi.

No caso do frango, a recuperação das cotações é mais promissora. Ainda que o indicador Cepea/Esalq para o frango vivo, em São Paulo, tenha recuado 26% em janeiro, a R$ 1,44 o quilo (também sob influência do estoque elevado após as festas de fim de ano), a tendência é de recuperação, conforme Francisco Turra, presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef).

Para ele, o cenário de preços deste ano será mais previsível, com estabilidade tanto no consumo quanto na produção. "Não há expectativa de explosão de preços", acrescentou.


Natal terá comida importada barata nos supermercados


A retração de consumo no mercado mundial e o dólar barato vão fazer com que o Natal do brasileiro tenha mais alimentos importados. Os supermercados ampliaram, neste fim de ano, em até 50% as quantidades de alimentos comprados no exterior. No caso do bacalhau, o produto ficou 13% mais barato em reais , já que o dólar caiu quase 25% em relação ao real.
Os dados foram levantados por pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e os números sempre comparam com o mesmo período do ano anterior.
O Walmart aumentou entre 40% e 50% as quantidades importadas de alimentos e bebidas em relação ao Natal de 2008. Nessa lista estão frutas, chocolates e vinhos.
A Casa Santa Luzia também ampliou as quantidades de alimentos importados: somavam 50% do total ofertado na prateleira do ano passado e hoje são 55%.
O Grupo Pão de Açúcar, vice-líder do setor de supermercados, aumentou em 25% os volumes importados de bacalhau de Portugal e da Noruega. A expectativa é vender 2,5 mil toneladas de produto neste fim de ano, com um preço 20% menor.
Enquanto o comércio amplia as compras de alimentos e bebidas importadas para o Natal e até cogita a possibilidade de comprar importados de terceiros para atender a demanda, o quadro é diferente nos itens não alimentícios. Nesse caso, não há grandes acréscimos de volumes importados para as festas de fim de ano porque não houve tempo hábil para que os empresários aumentassem as compras.
Normalmente, as encomendas são feitas no exterior com pelo menos seis meses de antecedência da data do desembarque do produto no país. Em maio deste ano, por exemplo, o varejo não tinha uma noção clara dos efeitos da crise, muito menos para onde iria a cotação da moeda americana.
Quando a crise estourou, em setembro do ano passado, o comércio se retraiu e os produtos importados populares, normalmente da China, encalharam. Por isso, os empresários do setor praticamente não compraram produtos no exterior para este fim de ano. 
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Novidade na Conta de Energia Elétrica


A conta de luz vai ficar mais barata para quem consome energia fora dos horários de pico. Essa é uma das mudanças aprovadas pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (22) para seu projeto de alteração da estrutura tarifária. As mudanças entram em vigor em 2013 e ainda deverão passar por um período de avaliação antes de aliviarem a conta de fato.
A mudança no cálculo da cobrança de energia elétrica foi colocada em votação pública em 2010 e, nesta semana, foi aprovada pela diretoria da Aneel.
O consumidor residencial deverá ganhar outra opção de modelo de cobrança, caso só utilize a eletricidade em horários “alternativos”, como no meio do dia ou de madrugada. Pelo novo modelo, cada distribuidora de energia poderá definir um intervalo de três horas entre as 17h e 22h em que o consumo de energia elétrica será mais caro.
No chamado “horário de pico”, a energia custará de três a cinco vezes mais do que nas outras horas do dia. Atualmente, as residências pagam o mesmo valor pela eletricidade, independentemente do horário de uso.
Essa nova cobrança foi chamada de modalidade tarifária horária branca. Ainda haverá cobranças diferenciadas chamadas verde, amarela e vermelha. A ideia é identificar, com os padrões dos semáforos, como a geração e a transmissão de energia estão sendo feitas.
Na tarifa verde, o consumidor terá informação de que o custo de geração está baixo, porque há grande volume de hidrelétricas funcionando em alta capacidade por causa do grande volume de chuvas no país, por exemplo.
No caso da tarifa amarela, há o alerta de que os custos estão aumentando por causa da diminuição no ritmo de produção das hidrelétricas. A vermelha indica uma situação de alerta, com possibilidade de uso das usinas térmicas (mais caras e mais poluentes) para suprir o consumo de casas e fábricas.
Pelas novas regras aprovadas nesta terça, a nova cobrança será opcional porque ainda dependem dos medidores eletrônicos de energia, os chamados "medidores inteligentes". O novo produto, que ainda está em fase de desenvolvimento, vai ajudar o consumidor a saber exatamente o quanto gasta de eletricidade em casa.
A cobrança de iluminação pública deve usar obrigatoriamente a nova medição a partir de janeiro de 2014. Durante o ano de 2013, haverá uma fase de simulações, em que cada cliente conseguirá saber se vai gastar mais ou menos pela nova medição.
Reportagem do Portal R7


Algumas Dicas Para Economizar Dinheiro


1) Evite as compras feitas  por impulso 
Jamais adquira um produto apenas porque ele está em oferta. Siga seu planejamento e adquira aqueles produtos de que você realmente necessite.

2) Procure produtos  usados
Alguns produtos para o lar podem ser comprados em lojas especializadas em produtos semi-novos por um preço muito inferior ao novo, embora com qualidade equiparável.


3) Compre à vista 
Faça um planejamento daquilo que você pretende adquirir e guarde ou invista o dinheiro até que possa comprar à vista. O preço será naturalmente menor e você ainda terá condições de barganhar uma redução. Compras parceladas apenas em último caso!

4) Faça refeições em casa
Evite
comer fora diariamente, pois preparar as refeições em casa sai muito mais em conta. Faça um planejamento e
 saia para jantar apenas algumas vezes por mês, de acordo com a necessidade.



5) Faça compras à granel 
Em mercados atacadistas você pode comprar produtos de higiene, limpeza ou mesmo alimentícios, em fardos que trazem grandes quantidades por um preço muito abaixo do usual.

6) Faça uma lista de suas despesas
Colocando tudo na ponta do lápis, você poderá facilmente identificar quais despesas estão minando com mais vigor o seu orçamento doméstico e reordenar suas prioridades.


7) Faça sempre uma reserva Quando planejar o seu orçamento considere disponível no máximo 90% daquilo que você ganha. O restante deve ser aplicado em poupança ou outro tipo investimento. Sem isso de nada adiantarão as dicas anteriores.


Como Economizar Energia Elétrica


* Além de trocar as lâmpadas (incandescentes pelas fluorescentes, pois a redução no consumo chega a ser de 40% por lâmpada e as fluorescentes duram até 10 vezes mais), priorize a luz naturaldurante o dia. Pintar as paredes e tetos com cores claras também ajuda a economizar;

* Na hora de utilizar o ar-condicionado, mantenha as portas e janelas fechadas . A limpeza do equipamento deve estar em dia, pois a sujeira dificulta a passagem do ar, provocando aumento do consumo de energia. Se não estiver no ambiente, desligue o aparelho;

* Além de tentar evitar a posição "inverno" (representa um consumo 30% maior) durante o banho, mantenha os orifícios da passagem de água limpos, demore o menos possível no banho e evite tomá-lo nos horários de pico - das 17 às 21h;

* Verifique a borracha de vedação da sua geladeira. Uma vedação defeituosa provoca mais desperdícios.Evite colocar alimentos ou bebidas quentes ou sem tampa na geladeira, pois o gasto de energia para refrigerar esses alimentos é maior. Certifique-se de que você fechou bem a porta da geladeira e não coloque roupas e sapatos para secar na parte traseira do equipamento;

* Freezer e geladeiras devem ser instalados em locais ventilados, longe de qualquer fonte de calor e com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes e armários. Não forre as prateleiras da geladeira com plásticos e vidros, pois isso dificulta a passagem de ar, o que força o aparelho a trabalhar mais e provoca um grande consumo de energia;

* Os filtros da lavadora de roupa devem estar sempre limpos. A medida de sabão utilizada nos equipamentos deve ser aquela indicada pelo fabricante;

* As máquinas de lavar e secar só devem ser utilizadas somente quando houver a quantidade máxima de peças. O mesmo deve ser feito com as roupas a passar. Passe primeiro as peças que requeiram temperaturas mais baixas;

* Cuidado com a televisão! Não durma com o aparelho ligado e evite utilizar vários aparelhos;

* No computador, utilize o recurso de descanso de tela; nunca deixe o computador, impressora ou outros equipamentos ligados quando não estiverem em uso.


Fonte: Finanças Pessoais

Legumes e Frutas da estação: Outubro


Frutas:    Abacaxi, Acerola, Banana da terra, Banana maçã, Caju, Caqui, Coco verde, Goiaba,,Jabuticaba, Kiwi, Laranja lima, Laranja pêra, Lima da pérsia, Limão, Maçã, Mamão Formosa, Mamão Havaí, Melancia, Melão, Mexerica Morgot, Nêspera, Pêssego, Romã, Uva Itália, Uva rubi. 

Legumes da época:   Abóbora seca, Abobrinha, Beterraba, Cebola, Cenoura, Chuchu, Tomate, Vagem.

Verduras da época: Agrião, Alcachofra, Alface, Almeirão, Brócolis, Catalonia, Chicória, Couve, Couve-Flor, Espinafre, Palmito, Rabanete, Repolho, Rúcula, Salsão.


Azeite de oliva ajuda a prevenir derrames, diz estudo


WASHINGTON - Uma dieta rica em azeite de oliva pode proteger idosos dos derrames cerebrais, que são a terceira causa de morte nos Estados Unidos depois das doenças cardíacas e o câncer, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira pela revista Journal of Neurology. 

O consumo de azeite de oliva foi vinculado a outros efeitos benéficos para a saúde
O derrame cerebral ou acidente vascular cerebral (AVC) ocorre quando uma artéria no cérebro ou que leva sangue ao cérebro fica bloqueada por um coágulo ou se rompe. O cérebro, sem sangue e oxigênio, começa a morrer.
Os derrames são mais comuns à medida que as pessoas envelhecem, quando o risco se duplica por cada década de vida depois dos 55 anos de idade, segundo a Associação Cardíaca Americano.
"Nossa pesquisa indica que deveriam emitir um novo conjunto de recomendações dietéticas para prevenir os derrames nos idosos de 65 anos", disse a autora do estudo, Cecilia Samieri, da Universidade de Bordeaux e o Instituto Nacional de Pesquisa Médica.
"O derrame cerebral é muito comum entre as pessoas idosas e o azeite de oliva seria uma forma barata e fácil de ajudar a preveni-lo", acrescentou.
Os pesquisadores revisaram os registros médicos de 7.625 idosos de 65 anos, nas cidades francesas de Bordeaux, Dijon e Montpellier. Os pacientes, no início do estudo não tinham histórico de derrames.
Os participantes fizeram exames de acompanhamento dois, quatro e seis anos mais tarde e se registraram e verificaram os incidentes de derrame. Aos cinco anos tinham registrado entre esses pacientes 148 derrames.
Para o estudo se classificou o consumo de azeite de oliva nas categorias de "não uso", "uso moderado, "uso intensivo" o qual inclui o uso de azeite para cozinhar, como tempero ou com pão.
Após considerações sobre dieta, atividade física, índice de massa corporal e outros fatores de risco para o derrame, o estudo encontrou que quem tinha usado azeite de oliva, regularmente, para cozinhar ou como acompanhamento, mostrava um risco 41% menor de derrame comparado com quem jamais tinha usado azeite de oliva em sua dieta.
O estudo lembra que o consumo de azeite de oliva foi vinculado com efeitos benéficos contra fatores de risco cardiovascular tais como diabetes, alta pressão sanguínea, colesterol alto e obesidade.


Ômega 3 e 6 seus benefícios e fontes


Conhecidas como os vilões de nossa alimentação, as gorduras estão sempre associadas a problemas de saúde. 
Evitar a ingestão de gorduras tornou-se uma das práticas mais comuns entre os que procuram uma vida saudável. Porém entre tantos "bandidos", também existem os "mocinhos". 
Estudos feitos com esquimós, consumidores  de peixes gordurosos, demonstraram baixa ocorrência de casos de doenças cardíacas. Concluiu-se, portanto, que sua alimentação os protege de  fatores de risco de doenças cardiovasculares. Isto se deve, principalmente, à presença dos ácidos graxos essenciais de cadeia longa ômega 3 e 6 nos peixes, que são chamados alimentos funcionais. 
Esses são os benefícios da ingestão de ômega 3 e 6, sobre os fatores de risco de doenças e sobre o corpo humano:
  • ·                                 Atuam sobre a pressão sangüínea;
  • ·                                 Atuam sobre o nível de triglicérides e colesterol;
  • ·                                 Dão à pele maciez e aspecto aveludado, além de proteger contra infecções;
  • ·                                 Regulam a temperatura do corpo e a perda de água;
  • ·                                 Atuam sobre o sistema imunológico;
  • ·                                 Proporcionam benefícios nos casos de síndrome menstrual.



No mercado encontramos hoje uma grande variedade de produtos enriquecidos com ômega 3 como leites e ovos, por exemplo. Além destes temos ainda outras fontes naturais desse ácido graxo: 


  • ·                                 Atum, sardinha, anchova, carpa, arenque, salmão;
  • ·                                 Frutos do Mar;
  • ·                                 Óleo de canola
  • .

Fontes de ômega 6:
·                                 Sementes oleaginosas como castanhas;
·                                 Óleo de milho, óleo de girassol e de soja.
Podemos concluir que com boas escolhas e com moderação, as gorduras podem sim serem nossas aliadas no encontro com a saúde e a longevidade. Os esquimós é que estão certos!!
Aproveite a Semana do Peixe e pesquise mais sobre os ácidos graxos. Os frutos do mar e peixes além de saborosos podem ser nossa fonte da juventude e disposição.



Semana do Peixe


Essa noticia é muito interessante.
Começa hoje, dia 16/09, a Semana do Peixe em Cuiabá - MT.  Um caminhão estará vendendo pescado a preço mais baixo para incentivar o consumo desse produto. Também haverá distribuição de cartilhas com receitas de pratos e informações sobre o pescado.

A iniciativa do Ministério da Pesca e Aquicultura tem como objetivo incentivar o consumo de peixe. A campanha está na 8ª edição e ocorre tradicionalmente no mês de setembro. O consumo é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pois ajuda a formar as proteínas necessárias para o crescimento e a manutenção do corpo humano. São também fontes importantes de ferro, vitamina B12, cálcio e gorduras essenciais, fundamentais ao bom funcionamento do corpo.
É também rico em nutrientes e sais minerais tais como ferro, iodo, magnésio, cálcio, sódio, fósforo etc, e em vitaminas A, E, D, B2, B3, B12 e ácido fólico, fundamentais para o bom funcionamento o corpo.
Além disso, a gordura do peixe é insaturada, ou seja, não prejudicial à saúde, e possui o complexo ômega-3, ácido graxo de grande importância para as atividades do cérebro e do coração. Além de um poderoso antioxidante, seu consumo auxilia na diminuição dos triglicerídeos e colesterol e favorece a produção do chamado “colesterol bom” (HDL), diminuindo o risco de doenças cardiovasculares, alguns tipos de câncer e doenças inflamatórias.

No cérebro, o ômega-3 aumenta a atividade dos sinais nervosos que ajuda na memória, concentração, humor, habilidade motora, velocidade de reação etc. É importante ressaltar que essa substância não é produzida pelo organismo, devendo ser fornecida pela alimentação.

Todos esses elementos fazem do peixe um excelente alimento para uma dieta variada e saudável, principalmente para crianças, mulheres grávidas e em período de amamentação.

Mesmo sabendo dessas propriedades nutritivas, grande parte dos brasileiros ainda não tem como hábito incluir o peixe no cardápio de refeições. Dados da última pesquisa realizada pelo IBGE indicam que cada brasileiro consome, em média, 7Kg de peixe por ano, bem abaixo dos 12kg recomendados pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Acredito que a desmotivação do consumo do pescado passa pela questão dos preços em relação à carne e ao frango, porém os benefícios pra saúde fazem com que esse consumo se torne um investimento sem igual pra  a longo prazo.

Peixes de água doce e de água salgada são abundantes no país, o que favorece o consumo de grande variedade de espécies, desde os mais nobres até os mais comuns, sendo uma opção acessível de alimento, independente das condições socioeconômicas da população.

E é por essas e diversas outras razões que a produção sustentável e o consumo consciente de pescados no país devem ser incentivados cada vez mais.

Fonte (Parte dessas  informações foram encontradas no site do QUALI PEIXE piscicultura de qualidade.)



Vegetais frescos , congelados ou em conservas?


Não há dúvidas e os nutricionistas nos lembram sempre que, se tratando de alimentação, quanto mais frescos tiverem ao nosso alcance melhor. Pra quem mora no meio rural e pode colher frutas e legumes na hora de usar tudo fica muito mais saudável. Mas pra grande maioria que vive na cidade grande e precisa colher esses produtos no supermercado ou nas feiras livres... Temos ao nosso alcance as opções de compra frutas e legumes frescos, congelados  ou em conservas. Certos grãos como milho e ervilha costumam ser oferecidos nas latinhas. São mais práticos mesmo mas as embalagens requerem cuidados dobrados depois que suas latas foram abertas. 
Essas semana fiz uma descoberta interessante no supermercado. Sempre comprei milho e ervilha enlatados porém resolvi experimentar a ervilha congelada. 
Adorei. Aqueles pacotes plásticos com 300g. Como não tem líquido, compramos mesmo 300g de pura ervilha. 
Frescas, saborosas, inteiras e  com cor bem viva (o que deixa os pratos muito mais bonitos e atraentes). Um minutinho na água fervente e pronto.
Depois de aberta, geralmente precisamos usar a lata toda do milho ou da ervilha pra não estragar na geladeira, e muitas vezes estão massentas dentro da lata, já as congeladas não. 
São soltinhas e podemos usar somente a quantidade que queremos, ficando o restante guardado no congelador por muito tempo sem perdas.  É aí que entra a economia. Como não há perigo de estrago, vale a pena pagar uns centavos a mais pelas ervilhas congeladas.
Quero experimentar também outras verduras como brócolis por exemplo. Geralmente as frescas acabam ficando na geladeira e amarelando logo. 
Bjos e logovoltarei com novidades.



Safra de Frutas e Hortaliças do Mes de Setembro


Olá estamos no mês de setembro e estamos na safra das frutas:

Abacaxi Pérola; Banana Nanica; Banana Prata; laranja; Jabuticaba; Mamão Havai; Melão; Morango; Nêspera e Tangerina. 
Das importadas estamos na safra da maçã.

Das hortaliças (verduras)estamos na safra:

Acelga; Agrião; Alface; Almeirão; Brócolis; Chicória; Colve; Colve flor; Escarola; Espinafre;  Mostarda; Repolho; Salsão.
Das hortaliças (legumes) estamos na safra:

Abóbora; Alcachofra; Batata Doce; Beterraba; Cenoura; Chuchu; Erva Doce; Inhame; Mandioca; Mandioquinha; Nabo; Pimentão; Rabanete; Salsão; Tomate.




Na Feira Livre


E então? Na feira livre, como fazer pra economizar?
Sabemos que muitas vezes a feira livre é uma boa aliada nas compras semanais. Os preços podem ser mais baixos que no supermercado, porém há vantagens e desvantagens. Conforme o horário, os preços na feira livre estão bem mais atraentes mas a qualidade cai um pouco. 
Na feira uma boa vantagem é a possibilidade de negociar melhores preços direto com o comerciante. O que não acontece no supermercado.
Na feira, alguns produtos vêm direto das hortaliças familiares o que as tornam bem mais frescas, mais saudáveis e como a venda é direta os preços são muito bons. é possível fazer as misturinhas entre as folhagens de acordo como nossa necessidade. 
Já produtos como batatas, cenoura, cebola, tomate e outros costumam ter qualidade e preços melhores no supermercado. Como eles negociam quantidades maiores com os produtores, podem oferecer promoções  bem interessantes. 
De qualquer forma precisamos observar bem as tabelas de safras.  Na Internet existem tabelas com frutas e legumes e seus períodos de safra e entre safra. Baseados nelas podemos  montar nossos cardápios semanais. Trocando um produto por outro da estação estaremos fazendo economia na certa.

Com lista de despesas fica tudo bem mais fácil


Olá faz tempo que não venho postar mas continuo atenta às dicas de economia. Quem viu o Globo Repórter na última sexta feira deve ter anotado muitas dicas. Eu fiquei atenta e anotei muitas.

A que mais me chamou atenção foi aquela sobre anotar todos os gastos mensais. Muito importante. Já fiz nossa tabela de entradas e saídas de despesas.

Ela é dividida em entradas (salários e extras), saídas fixas (condomínio, luz, telefone...) e uma lista melhor bem detalhadas com as despesas flutuantes (aquelas que poderão aparecer ou não naquele mês: manutenção do computador, papelaria, lavanderia, livraria..)

Tudo tem que ser anotado, depois somado pra ter-mos no final do mês ideia do que foi gasto. O legal é que tendo visão geral dos gastos ficamos com maior controle sobre deles.

Depois criei uma lista de compras de super mercado. Outra pra feira livre. Somente o essencial com espaço pra um ou outro produto eventual. Com lista, as compras ficam mais focadas, concentradas.

Um especialista deu outras dicas como nunca comprar produtos que estão de fato mais caros. Se eles "encalharem" nas prateleiras o mercado terá que dar um jeito pra baratear esse produto.

Comprar bastante produto não perecível se tiver com preço bom.

Comprar alimentos da estação.

Variar a dieta (carne. frango, peixe, frutos do mar...)

Finalmente uma dica que eu já tinha dado logo nos primeiros posts: ter sempre um cardápio semanal pré organizado. Se você tem o cardápio pronto vai comprar de acordo com a necessidade dele. Até as leguminosas, cebolas, pimentões serão comprados somente de acordo com o que vai se usado na semana, conforme as receitas.


Bjoss mil

Receita deliciosa com quelas Sobrinhas de Carne e Frango


Olá.
Sabe aquele franguinho grelhado que sobrou do almoço ou aquele bife delicioso que acabou ficando na panela? Nada de jogar fora.Tenha sempre uma vasilha de preferência de vidro na geladeira (não congele) pra guardar essas sobrinhas, mesmo que sejam juntas. Não por tempo demais , é claro. Podemos fazer uma receitinha super fácil, rápida, econômica e gostosa com eles.

Primeiro, desfie as sobras (carne e frango juntos mesmo) e reserve.
Numa frigideira, refogue um pouco de cebola,pimentão e tomate regados com azeite de oliva ou óleo de soja mesmo. Um pouco de coloral também pra dar uma corzinha.

Quando refogar esses temperos crescente as carnes desfiadas, cheiro verde, um pouco de ervilha, um pouco de pimentão vermelho picado pra colorir e mexa um pouco. Duas colheres moderadas de maionese pra não ficar muito seco e mexa novamente delicadamente.
Como as carnes já estão temperadas não precisa acrescentar sal ou pimenta.

Depois de tudo misturadinho, cubra com pedaços pequenos de queijo mussarela picada. Tampe a panela e deixe o queijo derreter naturalmente. Sirva quente.

Nossa! Fica ótimo. Rende bastante e evita desperdício.

Se você gostar deixe seu comentário no blog. Bjosss Márcia

A sensação de poder no supermercado é maravilhosa!!!


Todo brasileiro, aliás, todo ser humano sabe e tem consciência da necessidade da pesquisa de preço pra tudo que queremos e precisamos comprar. Mas, agente sempre vai mesmo no comodismo, não é mesmo? Atire a primeira pedra quem nunca teve a tentação de comprar logo o primeiro que viu pela frente. Bate aquela preguiiiiiiça de bater perna. Pois bem, aqui em casa agente tem isso também. Meu marido é do tipo leva esse mesmo!! E aí amigas, como todo brasileiro, estamos nós chegando no vermelho. Até que eu resolvi tomar medidas drásticas:
Respirei fundo, vim ao meu querido computador e fiz uma tabela liiiiiinda! Nela consta a quantidade, produto (pelo menos três marcas de cada)básico, e espaços pra anotar preços de pelo menos dois supermercados com seus respectivos nomes. E lá fui eu. De manhã, fui ao primeiro supermercado, anotei os preços de cada produto com sua variedade de marca. À tarde fui ao segundo supermercado e pasmem!!! Diferença gritante!

Tipo: No primeiro, o arroz marca tal estava 8,50 no segundo 10, 80. Pra encurtar a história, depois de me recuperar do desmaio, comprei só duas coisinhas neste e voltei correndo pro primeiro, onde fiz a compra COM ECONOMIA TOTAL. Gastei uns 150 a menos que gastaria no outro supermercado. Sei que tem muita gente que já faz isso, não é novidade! Mas tem também muita gente que ainda precisa acordar pra o fato que o dinheiro está na nossa mão. O poder é nosso!! Não precisamos nos submeter aos preços exorbitantes que o mercado nos impõe. Gente, nunca me senti tão bem nesses termos. Fiquei tão feliz com essa economia( imagine 12 x 150,00) dá uma viagem no fim do ano!! Sem falar na satisfação pessoal de fazer um bom negócio. O economista do Fantástico ia se orgulhar de mim. KKKKK Mas o fato é que em maio vou fazer comparação com outros supermercados.
A meta é aumentar minha economia pra aplicação.
É uma sugestão.

Não é perda de tempo não! Vale a pena no final!!
Bjosssssssss


Com educação, delicadeza mas com economia também!


Olá!

Semana passada pesquisando na net sobre truques de beleza descobri que precisava de, além de outros produtos, um creme esfoliante. Fui até a farmácia aqui no shopping do lado de casa e, com minha listinha falei com a moça do balcão. Ela, cheia de boa vontade, me indicou um produto maravilhoso de marca muito boa que me daria ótimo resultado de esfoliaçao. Tudo bem. Aí surgiu aquela perguntinha básica: E o preço?
Justificando muito a qualidade, que eu não discuto, ela me falou que custava 28,00. Eu pensei rápido no quanto aquele valor poderia me ajudar mais em algo mais útil depois e falei que agradecia mas deixaria pra outra hora. Ela insistiu tanto que eu respirei fundo e, pra não ser incoveniente sorri e pus o creme na cestinha. Dei uma volta na farmácia procurando outro produto que tivesse o mesmo efeito mas que fosse mais em conta. Não encontrei e continue pensando. Cheguei a conclusão que poderia conseguir uma receitinha caseira na net sem gastar nada. Delicadamente, depositei o creme numa gondola do lado do caixa e só paguei 16,00 pelos outros produtos que de fato precisava naquela hora. Sem ser grosseira, economizei 28,00. Saí de lá me sentindo tão bem!! Pensando que são nessas pequenas atitudes que conseguimos economizar nas coisas pequenas pra conquistar as grandes. De fato em casa consegui várias receitas. Uma delas eu tinha todos os ingredientes em casa e consegui ótimo resultado. aliás, ai vai uma ótima receita de creme esfoliante:

Numa vasilha pequena misture: uma colher de sopa de mel, outra de açúcar cristal e outra de leite integral. Aplique sobre a pele massageando suavemente. O açúcar limpa e retira células mortas, o mel nutre e o leite amacia a pele que é uma beleza.

Bjossss, Márcia



Economizando no supermercado


Oi,
Agente sabe do corre corre da dona de casa que precisa trabalhar fora. Quando eu saia pra trabalhar gostava de fazer tudo de mais prático. Consequentemente as compras de supermercado ficavam bem mais caras. Queria comprar logo tudo porque nao tinha idéia de quando teria tempo pra voltar ao supermercado novamente.
Hoje por motivos pessoais estou em casa cuidando do marido e do filho. Coisa que estou adorando fazer. Cuido da casa pessoalmente e estou como já disse adorando. Depois de muita calma e observaçao tenho descoberto várias formas de economizar nas compras. Já falei sobre pesquisa nos supermercados. Mas além de pesquisar tem um truque infalível.

Tenha sempre a lista na mao e se detenha a ela.

Na internet existem listas prontas e alguns supermercados, como o que eu frequento, que disponibilizam listas ótimas. COm o bésico pro dia a dia. A idéia é deixá-la grudada com ima na porta da geladeira e marcar o que tiver acabando ou que acabou de fato.
Nao saia de casa correndo pro supermercado só porque acabou ou está prestes a acabar algum produto.
Determine um dia da semana pra comprar tudo que tá marcado nessa lista. Assim evita de dar várias voltas e comprar mais coisas do qlue o necessário "já que estou aqui". Se acabou o tomate na sexta feira, faça a salada sem ele até chegar a segunda que o seu dia fixo de comprar O QUE ESTÁ NA LISTA.
Crie prioridades reais. Só compre o que de fato for necessário. Nao fique criando milhoes de produtos pra lavar banheiro quando só um pode fazer tudo.
Separe no início do mes o valor do supermercado e divida por semana. Fica mais fácil de administrar valores menores. Toda semana saque o valor a ser gasto naquela compra e algo mais pro pao coisas assim. Evite tentaçao de gastar mais que o necessário.
Vai valer apena poder comprar, à vista, sempre à vista,aquele móvel que voce tá namorando. 
Bjosss





A importância de fazer compras à vista


OLá!
Assim como me sinto bem quando deixo de comprar algo que, de fato depois descubro que posso sim passar sem, como aquele creme esfoliante da outra postagem, me sinto vitoriosa quando faço bons negócios comprando à vista.
Nosssaaaaa!!
E quando vou em outra loja e descubro que de fato foi bom ter comprado na anterior! É a glória!
No início do mês de abril eu percebi que meu nosso filho precisava de mais um cobre leito pra sua cama. Pela ideia que eu tinha de preços nas lojas que conheço aqui no bairro e nos shoppings, depois de fazer os cálculos das despesas do mês  fiz retirada de 150,00 e fui ver preços. Como vi que todos eram iguais mesmo, preferi uma loja que vende lindos jogos de cama, mesa e banho aqui do lado. Sempre adorei suas padronagens.

Depois que escolhi, perguntei o preço já sabendo mais ou menos. A moça confirmou os 150.00. Aí veio minha cartinha da manga. E à vista? Em dinheiro?
Pasmem!! O preço caiu pra 108,00!!! 42,00 de diferença!
Nao é uma diferença considerável?
Tá certo que nem sempre dá pra fazer compras à vista mas quando agente passa a seguir a idéia do guardar pra comprar depois...!
Há coisas que dá pra ficar pra depois! Dois meses ou tres e podemos negociar ótimos descontos.
Elas oferecem logo as prestaçoes mas devemos evitar de cair na tentaçao, inclusive pedindo a ajuda de Deus pra isso, de comprar mais do que o necessário e contrair novas dívidas que sao evitáveis.
Logo na mesma semana fiz um teste: No maior shopping da cidade tem outra loja que vende lindos jogos de cama. Lá, perguntei o preço do mesmo cobre leito. 150.00. Mas, se eu pagar à vista? Tenho desconto? Nao! Mas a senhora ganha um brinde.
Pra mim o melhor brinde mesmo foi o valor em dinheiro que economizei na loja anterior.
Foi muito boa a experiencia e mais um aprendizado.
Bjosss