Google+ Followers

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

IOGURTE NATURAL CASEIRO, SEU ALIADO SAUDÁVEL

O iogurte é um líquido espesso, branco e levemente ácido, obtido pela fermentação do leite. Pode ser servido com frutas, chocolate ou mesmo vendido em várias opções de sabores.
 Existem inúmeros acompanhamentos para o iogurte que não nos deixam enjoar tão fácil. Como frutas e mel, aveia...nozes, geleias...
É uma bebida que compõe o café da manhã, lanches da tarde e último lanchinho antes de dormir. Nas dietas de emagrecimento,  é indicada no jantar depois de sopa leve. Nesses casos o ideal é usar leite desnatado ou semi desnatado na sua preparação. 
Pode ser usada em receitas doces e salgadas. 

O iogurte natural é consumido natural ou usado em receitas como saladas, pães, molhos, doces, sorvetes. 
É muito usado na culinária árabe. Com hortelã picado é ótimo molho de acompanhamento pra quem gosta de carnes vermelhas.

O iogurte nos beneficia quando seu consumo regular nos protege de:

 COLESTEROL ALTO;    ÁCIDO ÚRICO E GOTA;    INTESTINO PRESO;   OSTEOPOROSE;  EM REGIMES PARA EMAGRECER;    MEMÓRIA FRACA;   TÔNICO CEREBRAL;   ESTIMULANTE e TÔNICO da MEMÓRIA; AUMENTA a CAPACIDADE DE APRENDIZADO; FACILITA O DESENVOLVIMENTO DE  NOVAS HABILIDADES; ANTI-STRESS;  DOENÇA DE ALZHEIMER;  CRESCIMENTO (crianças); RETARDAR O ENVELHECIMENTO E AINDA MANTÉM NOSSA  PELE SEMPRE JOVEM.  

O iogurte é resultado da ação de três tipos de bactérias:
Lactobacillus bulgaricus: transforma o sabor doce do líquido em ácido.
Streptococcus acidophilus: atua sobre a lactose, transformando-a em ácido láctico.
Streptococcus termophilus: faz o iogurte ficar cremoso.


No iogurte natural encontramos em um centímetro cúbico 600 a 800 milhões de lactobacilos, são seres vivos invisíveis, em forma de flor, que se reproduzem na temperatura ideal dos intestinos. 

O iogurte não é um simples leite que fermentou, onde os lactobacilos se multiplicaram: ele é rico em fibras e é uma fábrica de vitaminas de vital importância, é ainda rico em pro bióticos, bactérias envolvidas na produção de gamainterferon, substância com ação antiviral, e imunoglobulinas, moléculas liberadas pelas células de defesa para combater invasores, e também favorece a absorção de nutrientes de outros alimentos. 
Em sua composição encontramos: proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas: A, B1, B2, B3, B6, B12, C, D, minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, ferro, sódio. biotina, ácido pantotênico, ácido fólico, colina, inositol, ele não contém glúten.

Lembre-se: o certo é consumir o iogurte caseiro, eles estão desprovidos de substâncias químicas, e não são pasteurizados.

Vamos aprender a fazer  IOGURTE em casa?

IOGURTE NATURAL
  • 1 litro de leite de saquinhos tipo “B” ou leite em caixa integral.
  • 1 envelope de Bio Rich (fermento lácteo probiótico para preparo de iogurte) ou 1 boa colher de sopa de iogurte natural preparado anteriormente ou industrializado.
  • 1 colher de leite em pó desnatado (não costumo usar – mas dá maior consistência)
PREPARO:
  • Aqueça o leite até que um pouco antes de ferver (gosto de levar até cerca de 75°C) numa panela de aço ou de ágata.

OS POTES  COM IOGURTE DEVEM
DESCANSAR BEM FECHADOS
  • Deixe-o esfriar até que chegue a 45°C. Se não tiver termômetro, teste com seu dedo mindinho: você tem de conseguir deixá-lo dentro de leite aquecido por 10 segundos sem se queimar.
  • Nessa temperatura, acrescente a isca (iogurte pronto). Se em vez de isca você for usar o fermento lácteo, primeiro coloque um pouco do leite num vidro e o conteúdo de um envelope. Misture bem e desmanche as bolinhas cor-de-rosa que ficarem antes de misturar ao restante do leite. Há quem coloque 1 colher de sopa de leite em pó nesse momento, para que fique bem firme. Eu não acho necessário.
  • Misture tudo delicadamente com um fuet ou um colher inox.  Separe em potinhos de vidro ou plástico (que você deve ter em casa somente pra fazer iogurtes). 
  • Se você tiver bolsa térmica, ponha os potinhos dentro dela ainda mornos, feche bem e guarde em local fechado. Forno do fogão por exemplo. 
  • Deixe descansar por no mínimo 6 horas. Guarde os potinhos prontos na geladeira. 
  • Se não tiver envelopes de fermento lácteo pode separar um pouco pra nova preparação.
As iogurteiras elétricas têm preços variáveis. Encontramos algumas mais caras, mas, em sites específicos encontramos algumas mais simples que cumprem muito bem sua função. 
A vantagem é que elas mantém o calor constante na preparação. 
Em nossa casa o iogurte tem substituído as massas no café da manha e já sentimos os benéficos.  Ele faz parte não só do café da manha como também do lanche da tarde e da noite. 

Tem garantido bom humor, disposição e boas noites de sono.

Bjoss